Física – Curitiba
Sobre o curso Perfil Histu00f3ria do curso Vagas Saiba mais Palestra Contato Vestibular Homepage Voltar Cursos relacionados

Sobre o curso

Objetivos:rnO objetivo do Curso de Bacharelado em Fu00edsica u00e9 o de formar os futuros professores e futuras professoras do ensino superior e os pesquisadores e as pesquisadoras em fu00edsica, para atuarem nas instituiu00e7u00f5es de ensino pu00fablico e privadas alu00e9m dos centros de pesquisa nacionais e internacionais. u00c9 o passo inicial na formau00e7u00e3o de cientistas capacitados e capacitadas alu00e9m de comprometidos e comprometidas com o desenvolvimento da ciu00eancia nacional, seja bu00e1sica e aplicada, e com o desenvolvimento social, humano e tecnolu00f3gico da sociedade na qual estu00e1 inserido e inserida.

rnO Curso de Licenciatura em Fu00edsica prepara os futuros professores e futuras professoras de Fu00edsica para atuarem no ensino nos nu00edveis Fundamental e Mu00e9dio, alu00e9m de iniciar a formau00e7u00e3o de futuros pesquisadores e futuras pesquisadoras tanto na u00e1rea de Fu00edsica como em Ensino de Fu00edsica, formando cientistas que possam atuar no sentido de melhorar as condiu00e7u00f5es de ensino e aprendizagem. No caso do professor de Fu00edsica, ele deve ser um profissional atento u00e0s necessidades da sociedade. Deve ter e ser capaz de instigar uma postura investigativa nos seus estudantes, disseminando o gosto pela Ciu00eancia de forma geral, e pela Fu00edsica em particular. Deve ser capaz de compreender abordagens pedagu00f3gicas diversas, aplicando a mais adequada a uma determinada situau00e7u00e3o. O curso de Licenciatura em Fu00edsica tem esses princu00edpios como norte e almeja a formau00e7u00e3o de um profissional capacitado, cru00edtico e transformador.rnrnO que vocu00ea iru00e1 encontrar?rnDurante o curso de Bacharelado, os e as estudantes teru00e3o disciplinas de diversas u00e1reas: Fu00edsica, Quu00edmica, Matemu00e1tica e Informu00e1tica, buscando uma formau00e7u00e3o ampla, sendo dividida em um nu00facleo comum, formado pelas disciplinas bu00e1sicas como as fu00edsicas iniciais, tanto teu00f3ricas quanto de laboratu00f3rio, da matemu00e1tica, quu00edmica, e o mu00f3dulo de formau00e7u00e3o especu00edfica, integrado pelas disciplinas profissionalizantes, onde podemos citar a Mecu00e2nica Clu00e1ssica avanu00e7ada, Mecu00e2nica Quu00e2ntica, Eletromagnetismo, Termodinu00e2mica e a Fu00edsica Estatu00edstica.rnrnO aluno e a aluna do Bacharelado em Fu00edsica tem sua formau00e7u00e3o profissional complementada por disciplinas optativas que tratam dos mais variados campos de atividade de seu interesse como: Astronomia, Astrofu00edsica, Meteorologia, Relatividade, Fu00edsica do Estado Su00f3lido, Fu00edsica Atu00f4mica e Molecular, Geofu00edsica, Biofu00edsica, alu00e9m de outras disciplinas mais avanu00e7adas em matemu00e1tica, quu00edmica, lu00ednguas estrangeiras, entre outras. Durante sua formau00e7u00e3o, o/a estudante ainda pode realizar atividades de iniciau00e7u00e3o cientu00edfica, que inicia o aluno e a aluna na carreira de pesquisador e pesquisadora, alu00e9m de atividades de monitoria, extensu00e3o e programas de mobilidade acadu00eamica, que permitem a participau00e7u00e3o em intercu00e2mbios nacionais ou internacionais.rnrnDurante o curso de Licenciatura, o/a estudante teru00e3o disciplinas de diversas u00e1reas: Fu00edsica, Quu00edmica, Matemu00e1tica, Informu00e1tica, LiBras, alu00e9m das disciplinas relacionadas com o Ensino de Fu00edsica, buscando uma formau00e7u00e3o ampla, que compreende, desde o inu00edcio, um nu00facleo bu00e1sico e de formau00e7u00e3o especu00edfica, formado pelas disciplinas bu00e1sicas como as fu00edsicas iniciais, tanto teu00f3ricas quanto de laboratu00f3rio, da matemu00e1tica, quu00edmica, e as disciplinas de didu00e1tica, metodologias de ensino, LiBras, Psicologia da Educau00e7u00e3o e Pru00e1tica de Docu00eancia, que contam com carga horu00e1ria de estu00e1gio, alu00e9m de disciplinas que tratam de direitos humanos, diversidade e extensu00e3o universitu00e1ria, entre outras. O aluno e a aluna da Licenciatura em Fu00edsica tem sua formau00e7u00e3o profissional complementada por disciplinas optativas que tratam dos mais variados campos de atividade de seu interesse como: Metodologias em ensino de Matemu00e1tica e Quu00edmica, Educau00e7u00e3o Ambiental, Histu00f3ria da Educau00e7u00e3o, alu00e9m de outras disciplinas mais avanu00e7adas em fu00edsica, matemu00e1tica, lu00ednguas estrangeiras, entre outras. Durante sua formau00e7u00e3o, o/a estudante ainda podem realizar atividades de iniciau00e7u00e3o a docu00eancia, em programas como o Licenciar e Programa Institucional de Bolsa de Iniciau00e7u00e3o u00e0 Docu00eancia (PIBID), alu00e9m de iniciar sua carreira em pesquisa participando de programas de iniciau00e7u00e3o cientu00edfica, alu00e9m de atividades de monitoria e programas de mobilidade acadu00eamica, que permitem a participau00e7u00e3o em intercu00e2mbios nacionais ou internacionais.

Perfil

Estudante:rngif com o personagem Homer Simpson olhando pela janela atravu00e9s das frestas de uma persiana. A imagem traz o texto rnEspera-se que as pessoas interessadas em se formar em Fu00edsica tenham interesse em compreender os fenu00f4menos naturais, espu00edrito cru00edtico e de observau00e7u00e3o, aptidu00e3o para lidar com problemas novos, bons conhecimentos e interesse em matemu00e1tica.

rnProfissional:rngif de dois gatinhos em brincando com um pu00eandulo de newton (facilmente encontrado como brinquedo decorativo, com pu00eandulos que transferem a energia do movimento de um para outro)rnO fu00edsico e a fu00edsica, independente da u00e1rea de formau00e7u00e3o e atuau00e7u00e3o u2013 Licenciatura ou Bacharelado, u00e9 um profissional e uma profissional que deve desenvolver a capacidade de tratar problemas novos e tradicionais. Em todas suas atividades, a atitude de investigau00e7u00e3o deve estar sempre presente e deve estar sempre preocupado e preocupada em buscar novas possibilidades de desenvolver e defender a ciu00eancia que produz. O profissional bacharel ou profissional bacharela ocupa-se preferencialmente de pesquisa, seja ela bu00e1sica ou aplicada, e atua em universidades pu00fablicas ou privadas ou centros de pesquisa, pu00fablicos ou privados, nacionais ou internacionais. Este u00e9 o campo de atuau00e7u00e3o mais bem definido e que absorve a grande maioria dos profissionais que terminam a pu00f3s graduau00e7u00e3o ao final do bacharelado. Poru00e9m, bacharu00e9is em fu00edsica podem atuar em outras u00e1reas como Fu00edsica Mu00e9dica, Peru00edcia criminal, Oceanografia, Meteorologia, Geologia, Economia, Administrau00e7u00e3o alu00e9m de u00e1reas interdisciplinares com a Biologia, Quu00edmica, Meio Ambiente, Comunicau00e7u00e3o, e vu00e1rios outros campos.

Histu00f3ria do curso

A histu00f3ria do Setor de Ciu00eancias Exatas remonta u00e0s origens da pru00f3pria Universidade. Em novembro de 1912, dois grupos distintos, um liderado por Victor Ferreira do Amaral e outro por Nilo Cairo, uniram foru00e7as para criar a Universidade do Paranu00e1 (UP), que abriu as portas no ano seguinte. A UP comeu00e7ou a funcionar como uma instituiu00e7u00e3o particular, com sede provisu00f3ria na rua Comendador Arau00fajo, pru00e9dio onde hoje se encontra o shopping Omar. Em 1914, os cursos foram transferidos para o edifu00edcio da prau00e7a Santos Andrade.

rnPoru00e9m, as universidades particulares foram obrigadas a fechar as portas por causa do decreto federal 11.530, de 18 de maru00e7o de 1915, conhecido como Lei Maximiliano. Para driblar esta lei, em 1918, a UP foi desmembrada em tru00eas faculdades autu00f4nomas: direito, engenharia e medicina. Elas continuaram agregadas sob a Federau00e7u00e3o das Faculdades Autu00f4nomas do Paranu00e1.rnrnOs primeiros cursos de exatas surgiram vinte anos mais tarde, com a criau00e7u00e3o da Faculdade de Filosofia, Ciu00eancias e Letras do Paranu00e1 (Fafi) em 1938. Esta faculdade organizava-se em tru00eas departamentos u2013 filosofia, ciu00eancias e letras u2013 e num Instituto Superior de Educau00e7u00e3o. O Departamento de Ciu00eancias abrigava, entre outros cursos, os de fu00edsica, quu00edmica e matemu00e1tica.rnrnInicialmente, as aulas da Fafi eram ministradas em lugares provisu00f3rios. Ao final da du00e9cada de 1940, todos os cursos instalaram-se em um novo pru00e9dio, construu00eddo pela Uniu00e3o Brasileira de Educau00e7u00e3o e Ensino na rua XV de Novembro, 1.004, esquina com a Tibagi. O pru00e9dio, que foi a sede da faculdade por quase duas du00e9cadas, nu00e3o existe mais.rnrnA UP foi finalmente reconhecida em 6 de junho de 1946, por meio do decreto-lei 9.323. Apenas quatro anos mais tarde, outra conquista: a UP foi federalizada, juntamente com outras instituiu00e7u00f5es brasileiras, pela lei 1.254 de 4 de dezembro de 1950. Assim, tornou-se a Universidade Federal do Paranu00e1 (UFPR).rnrnNaquele momento, era preciso crescer e expandir o espau00e7o fu00edsico. Entre outros projetos, foi construu00eddo o complexo da Reitoria, na rua XV de novembro, 1.299. A Fafi mudou-se para este endereu00e7o em 1958 e instalou-se no pru00e9dio hoje conhecido como D. Pedro I.rnrnA UFPR tambu00e9m tinha por objetivo construir uma u201ccidade universitu00e1riau201d, em um terreno que fora doado pela Prefeitura de Curitiba em 1943. A u00e1rea era de 500 mil metros quadrados, localizada no Jardim das Amu00e9ricas. Ao longo da du00e9cada de 1950, percebeu-se que o espau00e7o nu00e3o era suficiente para abrigar toda a universidade. Entu00e3o, foi designado para as engenharias. Em 1961, foi inaugurado como Centro Politu00e9cnico.rnrnInicialmente, o complexo abrigaria apenas os cursos de engenharia civil, mecu00e2nica e elu00e9trica, alu00e9m de arquitetura e urbanismo. Ju00e1 nessa u00e9poca, os cursos de exatas proviam aulas para outras u00e1reas de formau00e7u00e3o, principalmente para as engenharias. Alguns professores das exatas transitavam entre a Reitoria e o Centro Politu00e9cnico para dar aulas. A mudanu00e7a definitiva para o u201cPoliu201d viria somente em 1971, com a Reforma Universitu00e1ria.rnrnAo longo do tempo, a estrutura organizacional da universidade se modificou. Em 1959, os institutos, escolas e faculdades foram reorganizados. Naquele ano, foram fundados tru00eas institutos de ciu00eancias exatas: o Instituto de Fu00edsica, com sede na Escola de Engenharia; o Instituto de Matemu00e1tica, com sede na Faculdade de Ciu00eancias Econu00f4micas; e o Instituto de Pesquisas Quu00edmicas, com sede na Escola Superior de Quu00edmica.rnrnA mudanu00e7a mais profunda ainda estava por vir. Em 1971, a UFPR criou os departamentos como as menores unidades administrativas, para cumprir a lei 5.540, de 28 de novembro de 1968, conhecida como Lei da Reforma Universitu00e1ria. Cada departamento regia uma u00e1rea do saber e estava subordinado a uma faculdade ou instituto. As exatas estavam presentes nos institutos de matemu00e1tica e fu00edsica, alu00e9m do ensino bu00e1sico de quu00edmica, promovido pela Faculdade de Engenharia Quu00edmica.rnrnEm 1973, uma nova reforma universitu00e1ria foi efetivada, extinguindo as faculdades e institutos e criando os setores. Toda a estrutura universitu00e1ria foi renomeada e reorganizada. Hoje, a UFPR mantu00e9m sua configurau00e7u00e3o organizacional baseada em 14 setores, que agrupam departamentos de u00e1reas afins.rnrnO atual Setor de Ciu00eancias Exatas surgiu da fusu00e3o dos institutos de matemu00e1tica e de fu00edsica com parte da Faculdade de Engenharia Quu00edmica em 1973. O seu caru00e1ter de fornecedor de disciplinas bu00e1sicas, principalmente a cursos instalados no Centro Politu00e9cnico, fez com que fosse levado definitivamente para este campus.rnrnAtualmente, 6 departamentos estu00e3o sob a administrau00e7u00e3o do setor, o que gera um fluxo de aproximadamente 2.500 alunos por ano, distribuu00eddos em 12 cursos de graduau00e7u00e3o e 10 de pu00f3s-graduau00e7u00e3o (Relatu00f3rio de Atividades UFPR/2016). Desde 2017, a sede do setor estu00e1 localizada em um novo pru00e9dio para melhor atender estudantes, servidores e a comunidade em geral.

Vagas

Saiba mais

Selo u201cAqui Temu201d: este curso possui Programa Institucional de Bolsa de Iniciau00e7u00e3o u00e0 Docu00eancia (PIBID), Residu00eancia Pedagu00f3gica (RP), Programa Institucional de Monitoria e Programa de Voluntariado Acadu00eamico (PVA).

rnDurante o Curso de Graduau00e7u00e3o em Fu00edsica, o/a estudante poderu00e1 realizar atividades de Extensu00e3o Universitu00e1ria, visto que o Departamento de Fu00edsica conta com projetos de extensu00e3o universitu00e1ria permanentes no Centro de Divulgau00e7u00e3o de Fu00edsica (CDF): O "Fi.Br.A u2013 Fu00edsica: Brincando e Aprendendo" e o "Astro u2013 Observau00e7u00f5es e Divulgau00e7u00f5es de Astronomia", que muitos e muitas estudantes das escolas pu00fablicas e privadas de Curitiba e regiu00e3o metropolitana ju00e1 tiveram a oportunidade de conhecer e participar.rnrnAlu00e9m desses conceituados projetos, os alunos e alunas poderu00e3o participar tambu00e9m de projetos mais recentes como "Meninas e Mulheres nas Ciu00eancias", em desenvolvido por professoras do Departamento de Fu00edsica em conjunto com outras docentes do Setor de Ciu00eancias Exatas.rnrnO Projeto de Extensu00e3o "Fisique-se" oferece anualmente atividades para todos os alunos e todas as alunas dos cursos, como Semana Acadu00eamica, Semana do Calouro, alu00e9m de atividades de divulgau00e7u00e3o cientu00edfica junto u00e0 comunidade para promover a popularizau00e7u00e3o da Ciu00eancia.rnrnDurante os cursos, os alunos e alunas poderu00e3o participar de projetos de pesquisa com docentes doutoras e doutores de grande destaque e com colaborau00e7u00f5es internacionais dentro dos programas como o Programa Institucional de Bolsas de Iniciau00e7u00e3o Cientu00edfica (PIBIC); Programa Institucional de Bolsas de Iniciau00e7u00e3o Cientu00edfica Au00e7u00f5es Afirmativas (PIBIC u2013 Af).

Palestra

Contato

E-mail:

rn

coord@fisica.ufpr.br

rn

rnSite:

rn

http://fisica.ufpr.br/grad/bacharelado.html

rn

rnLocal:

rn

Centro Politu00e9cnico da UFPR

rn

Av. Cel. Francisco H. dos Santos, 100rnJardim das Amu00e9ricas, Curitiba - PR

Vestibular

Homepage

Voltar

Cursos relacionados